Arquivo por Dondoca

Aprendendo com mamãe

28 Mar

Ninës, nem vou vir com essa conversa de estou viva porque vocês sabem que estou. É que a faculdade começou há quase 2 meses e ela roubou toda minha vida divertida e me deixa sentar na frente do computador só pra produzir violentamente coisas para ela.

Parei de reclamar agora porque quero mostrar as unhas lindas da minha mãe, que essa sim é mulher de verdade, cuida da casa, marido, filhas, cachorra, trabalho E ainda consegue tempo pra manter as unhas lindas sempre:

linda!

linda!

Ela não tira cutícula, sempre hidrata as mãos (várias vezes ao dia), quase nunca se suja pra fazer as unhas e né, tem mais de 20 anos de experiência em fazer as próprias unhas, mas com força de vontade um dia eu chego lá.

Pra conseguir essa cor, ela usou 2 camadas de Amanhecer (Colorama) por baixo e por cima 2 camadas de Leite de Coco (também da Colorama). Percebam que Colorama reina na coleção de esmaltes daqui de casa, hehe.

E o meu esmalte?? Bom, em todos esses dias sem postar, fiquei sem esmalte somente por 2 dias, o que acontece é que eu sempre tô correndo e nunca consigo pintar direito e quando pinto, fica bonito por 1 dia de trabalho e de noite já tá todo descascado porque eu voltei a ter a mania de morder as unhas.

Hoje eu tô usando uma misturinha de Miami da Mavala e Papaya da Colorama, quando o sol sair de verdade aqui eu tiro uma foto pra mostrar pra vocês, porque tá LINDO :~

Esmalte da semana: Leite de Coco (Colorama) + Iasmin (Risqué)

8 Feb

Tentando manter os posts de esmalte da semana atualizados, cá estou eu novamente.
As cores que se encontram nas minhas unhas são resultados de uma misturinha que amei: Iasmin, da Risque e Leite de Coco, da Colorama.

Era nesse tom que eu queria chegar quando comprei esse esmalte, mas oi, nem se eu ficasse um mês fazendo misturinhas eu acho que não conseguiria.
Deixa eu ir ao que interessa:

Duas camadas de Leite de Coco e três camadas de Iasmin

Na verdade assim, eu preferi quando eram duas camadas de Iasmin, era um laranja muito girlie, eu tava apaixonada pela cor. Ontem tive que passar mais uma camada porque ele tava pensando em começar a descascar. Acho que desse jeito dura mais uma semana ainda.
O Iasmin é um esmalte super fininho, passei diretão na unha e não gostei do resultado, ficou aparecendo a cor da unha embaixo e isso me dá uma agonia imensa. Aí como eu tinha comprado o Leite de Coco no mesmo dia, tive a linda idéia de passar ele por baixo porque ele é um branco (não fechado, tem que ter muita paciência pra não deixar a unha aparecendo por baixo) LINDO, depois dele tô quase cogitando casar de unhas brancas, mas tenho um ano ainda pra conhecer cores novas, então prefiro ter calma quando se trata desse assunto.
Depois das duas camadas secas do branco, passei uma vez o Iasmin mas o branco de baixo ainda apareceu, na segunda a cor fechou a unha e ficou perfeita.
Recomendo muito essa misturinha pra quem quiser sair do basicão vermelho e renda de sempre.

Ahh, nos pés eu tô com 2 camadas do Leite de Coco também, tava super mulherzinha também, só não coloco foto porque já se passou uma semana e agora ele tá meio descascado. E como esse post tem caráter de urgência e hoje não acordei com espírito pra fazer as unhas dos pés, prometo que quando eu fizer novamente, coloco as fotos aqui.

E finalizando o post, a escovinha que tem na caixa de esmaltes daqui de casa minha mãe usa pra empurrar as cutículas (bem como a Lê falou nos comentários) quando passa o amolecedor e pra puxá-las depois que elas estiverem amolecidas. Vou testar isso pra mostrar pra vocês, mas já adianto que ela disse que funciona muito bem.

Coleção

4 Feb

Ahhh que saudade de escrever aqui!
Sempre fico elaborando mil posts mas os últimos dias (lê-se janeiro TODO) foram tão conturbados que quando eu chegava em casa só queria saber de vegetar na frente do computador.
Mas então, tô viva gente! Comprei mais uns esmaltes por impulso e não sei se vou ter coragem de usar. Exemplos? Obsessão e Azulejo Português. São cores lindas mas não sei NAONDE elas se encaixam na minha personalidade. Enfim, se um dia eu testar, obviamente postarei aqui.

Vamos ao que interessa: Minha (da minha mãe e da minha irmã também) coleção de esmaltes. Até o dia 27/01 eram 55, mas acho que chegaram umas cores novas depois disso. Nossa coleção fica dentro de 2 maletinhas dentro de uma caixa velha de all star e tem lugarzinho reservado na estante do escritório daqui de casa, hehe.

Maletinha 01: Muitas cores diferentes, a escovinha sempre esteve lá mas eu nunca perguntei o motivo, palitinhos, lixas, a minha lixinha da Bourjois que me dá agonia de usar (aquele barulho de isopor? ui, numguento).

Maletinha 02: O vermelho predomina, vocês tem algumas amostras de cores nas tampas dos esmaltes, juro que não sei como elas conseguem se sujar tanto.

Acessórios: Acetona, palitinhos, algodão e amolecedores de cutícula foram expulsos de uma maleta e agora ficam dentro da caixa. Eu avisei que a caixa era super velha, né?

Curiosidade: Três gerações de amolecedor de cutículas. Sério, esse cor de rosa é tão velho que eu lembro que minha mãe usava quando eu era criança e achava super luxo.

Conclusão da análise da coleção: A gente se apega muito com algumas cores ou com épocas de esmaltes. Juro que tem um aqui que venceu em 1997, foi usado umas 2 vezes antes de vencer e tá lá ainda porque fui eu que comprei quando morávamos em Blumenau num dos anos mais felizes de nossas vidas. A gente ia jogar fora em outubro do ano passado mas ficou aquela coisa de “ah não, deixa aí, essa cor é tão bonita”.
Outro exemplo é o amolecedor de cutículas. Sério, aquele cor de rosa não é usado há anos, mas continua ali. É um apego sem fim e não vou ser eu que vou jogar a embalagem fora. Até tirei fotos mais detalhadas das 3 gerações e vou fazer um post somente sobre isso.
Tem esmalte ali que nunca usamos, tem uns que tão no finalzinho esperando alguém ter paciência pra inventar uma misturinha, tem uns que nunca voltei a usar porque impliquei com o nome dos benditos (também vai rolar um post sobre isso) e tem outros de reserva, tipo o Renda, que sempre usamos. Já cogitei a compra de uma malteinha maior pros esmaltes, mas eu sei que quanto maior, mais sobra espaço pra ser preenchido e essas maletas de esmaltes são coisas que não conseguimos ver vazias aqui em casa, haha.

Esmalte da semana: Miami, da Mavala

21 Jan

Então que sábado foi dia de almoçar com minha amiga Marina (que colabora no blog Coisas de Diva) e ela é super hiper mega expert em esmaltes e sabe muito bem onde encontrá-los. Ela falou tanto tanto tanto de Bourjois e de Mavala que não me aguentei e corri pra loja do shopping que almoçamos e fiquei 5 minutos babando nos esmaltes da Mavala (oi tava caro e eu não devia nem ter levado esse). Me apaixonei pelo Miami e pelo Paris (aceito doações, obrigada). Levei o Miami porque é mais verão, mas se fosse inverno com certeza eu levaria o Paris, é um tom vermelho-rosado (sou péssima pra descrições de cores, falaê) LINDO.

Domingo foi dia de acordar cedo pra trocar de esmalte. De Brilho da Noite pulei pra Miami e ME-APAIXONEI. Tá aí outro esmalte Must Have com letras maúsculas. Esse tom de rosa é lindo de viver, ele tem uma gotinha de cintilante e é minha alegria da semana ver minhas unhas com essa cor.

Ele não descasca, porém desbota. Ontem passei mais uma camada (na foto são 3) e ainda passei o ultra brilho da Avon, agora tá xuxuzinho, acho que aguenta até domingo numa boa.

os 'must have' da Renata

11 Jan

Admito que demorei pra fazer esse post, mas fazer uma listinha de esmaltes must have pra quem tem mais de 45 esmaltes em casa não é fácil. É uma variação de tonalidades tão imensa que eu me perco, não sabia se de vermelho eu colocava o Beijo, o Desejo ou o Gabriela, quando chegou no rosa empaquei no 5ª avenida, no Sexy, no Camila (ok, esse é finado, mas amava usar essa cor) e no Panteirinha.

Foi tão difícil, mas tá aí :)

Da esquerda para a direita:

Brilho da Noite, da Colorama: Não é preto mas também não é cinza. Achei um esmalte luxo pra usar sempre que cansar do vermelho e não quiser parecer tão menininha usando os tons rosados. Ele é um grafite, tem um pouco de brilho e fica lindos tanto em unhas curtas quanto compridas.

Cereja, da Colorama: Vermelhão escuro, acho lindo. Tive dificuldade em escolher um tom de vermelho escuro, mas como pode-se ver pela quantidade, ele é o favorito de todas daqui de casa.

Maçã, da Colorama: Já postei esse esmalte aqui e apaixonei pela cor, é minha must have pra sempre.

Beijo, da Risqué: Vermelho aberto, combina com tudo e sempre tá nas minhas unhas quando preciso dar uma levantada no astral.

Sexy, da Colorama: Esse tom é LINDO, parece de confetti cor de rosa. Não combina com tudo, mas eu preciso ter essa cor pra sempre porque às vezes a auto-estima pede um rosa.

Renda, da Risqué: Basicãããooo de todas né? É ótimo para os pés quandacho que o esmalte das mãos não vai ficar bem neles.

Avon Nail Experts: A Larissa indicou e comprei. Não me arrependo, a cobertura é ultra-brilhante e seca super rápido mesmo, salva o esmalte fosco numa boa.

Bom, era isso. Essa é minha humildezinha coleção de must have. Claro que até o inverno surgirão outras cores pra ganhar meu coração, então esse post pode se repetir por aqui, haha.

Esmalte da semana: Nude

28 Dec

Sério, tenho sido uma garota má por ter sumido por 2 semanas daqui do blog e deixado de tirar foto de pelo menos 3 cores de esmaltes diferentes que passaram pelas minhas unhas durante esses dias de ausência.

Para me redimir urgentemente, esse é o esmalte que se encontram nas minhas unhas: Nude, da Colorama.

)

ó que bonito, combinando com a manga do meu thermal :)

Fui à um casamento ontem e queria algo mais ‘menininha’ nas mãos, não sei o que aconteceu, mas o vermelho não tem combinado muito comigo nos últimos dias.

O esmalte é super cremoso, secou rápido e se vocês olharem BEM, dá pra ver que ele tá ‘ondulado’, passei umas 3 mãos (ou seria demãos?) do esmalte pra ficar nessa cor, sem nenhuma falha.

(more…)

esmalte da semana: maçã

12 Dec

Acabei dando uma passada na farmácia ontem em busca de um esmalte azul e um preto pra tentar fazer a misturinha para o blue satin e entre mil tons de vermelho que estavam ali na minha frente encontrei esse: Maçã, da coleção Nutriverniz da Colorama, que aliás, achei fotos de todas as cores disponíveis nesse post aqui no blog Bem Resolvida. Apaixonei pelo esmalte.

Como hoje vou no FACE TO FACE (aww, em maiúsculo mesmo porque vocês não tme noção do quanto esperei por esse dia) e um show de hardcore pede um esmalte vermelhão escuro, acabei passando três mãos e adorei o resultado, dá vontade de comer essa cor, hahaha.

SÓ QUE eu não sei se ando numa maré de mão esquerda ou se o esmalte realmente seca tão rápido que acabam ficando umas falhas do além bem no meio das unhas. Sabe quando você vai dar uma arrumadinha e no final o esmalte acaba ‘encavalando’?

E ah, aqueles cantinhos borrados ali já vão sair durante o banho ;)

o não-esmalte do dia

9 Dec

Hoje acordei com o bicho preguiça e tudo que fiz foi me preparar para fazer AS_UNHAS (tudo assim porque eu realmente tava a fim de ahazar no esmalte), ver sites de casamentos e pegar pacotes de presentes de natal que tem chego aqui em casa, tudo isso de pijama.
Aí eu lá, bem bonita na frente da tv desligada, peguei o aparato de manicure daqui de casa e resolvi tirar o esmalte das mãos e dos pés. PRA QUÊ né? Ô trabalheira chata que é tirar esmalte escuro, lembrei porque preferia os clarinhos e ralinhos nos pés. Gastei acetona horrores e a minha inspiração pra arrumar as unhas hoje se desintegrou junto com o esmalte. Tinha que cortar as unhas mas a preguiça tava grande então resolvi lixá-las, mais uma vez: PRA QUÊ? Demorei 1h pra lixar tudinho e deixar as unhas parelhas e com alguma semelhança entre elas. E nem tentei usar a minha lixinha fooofa da Bourjois porque a preguiça tava gigante.
Nessa hora já tinha chego minha revista gloss que eu tava louca pra dar uma folheada à procura da matéria sobre esmaltes (oi não tem na revista) e larguei mão de tudo. O resultado?

Esmalte ‘safadamente’ tirado, uma cuticulazinha levantada ali ó e toda a esperança do mundo que amanhã não faça tão calor quanto fez hoje pra eu reencontrar minha paciência e dar um trato DE VERDADE nas unhas. O único ponto positivo é que a lixadinha deu certo.
Tô com vontade de usar um rosa escuro ou então ‘me jogar’ no Marinho da Colorama e ver no que vai dar. Tô louca pra correr ali na farmácia e adquirir mais alguns. Sugestões?

Quase esqueci, hoje encontrei o site da Época Cosméticos, fui dar uma olhadinha nos esmaltes e achei o preço bem acessível, alguém já comprou lá? Alguém já achou esmaltes gringos mais baratos? Tem tantas cores lindas que é impossível não ter vontade de comprar.

Cereja

3 Dec

Então que duas semanas depois eu ressurjo em meio às cinzas de um semestre estressante na faculdade (mas enfim terminado) e dou de cara com um blog cheeeio de posts interessantes e com várias novidades por vir. ADORO!
Meu esmalte da semana é o Cereja da Colorama, tenho paixão por esmaltes vermelhos e esses mais escuros tem ganhado meu coração a cada dia que passa.

01
Só que não é uma mão só de cereja que deixa esse tom e essa uniformidade no esmalte, são três passadas de pincelzinho e MUITA paciência. Olha, deixa eu contar que esse blog já fez milagres, eu nunca tive muita paciência pra fazer as unhas, eu sempre passava uma mão só de esmalte porque não tinha paciência pra esperar secar. Agora eu posso dizer que realmente pintar unhas virou minha terapia, é uma diversão sem fim pegar o kit-manicure daqui de casa (são três mulheres aqui, minha mãe e minha irmã sempre estão com as unhas impecáveis), me jogar no sofá e arrumar as unhas assistindo qualquer coisa na tv.
Me empolguei tanto com o post da Fer que pela PRIMEIRA VEZ NA VIDA sentei e fiz minhas unhas dos pés com gosto e paciência, até tirar os borrões com palitinhos eu tirei:

100_0914

Mas como nem tudo são rosas para manicures caseiras, eu tenho a prova de que quando fui passar a segunda mão nas unhas dos pés, acabei me atrapalhando e borrei o dedo indicador da mão direita. Aí você pensa “E agora minha nossa senhora da manicure?”. E eu te digo que é nessa hora que fica a dica que minha mãe sempre fez e eu nunca entendi até virar caprichosa com as mãos: Não se desespere mas também não espere o esmalte secar, tudo isso se resolve molhando um pouco o borrado com saliva, passe a língua (ninguém morreu intoxicada por esmalte, vai) no esmalte borrado e vá ajeitando com o lábio inferior, com-muita-calma. Aos poucos você ajeita bem rápido, não fica aquela lindeza de como se o erro não tivesse existido, mas pelo menos não te faz tirar TODO o esmalte da unha e ter que passar 3 vezes de novo. Até isso acontecer você já perdeu a vibe manicure e já tacou algodão com removedor de esmaltes em todas as outras.

100_0925

Notem o erro no dedo médio, agora ele já tá mais arrumadinho, consegui consertar com o tempo.

E notem também que o meu TOC é sempre ter as unhas dos pés na mesma cor que as mãos, por mais que só eu veja meus pés diariamente (quase sempre tô de calçado fechado), me dá um troço ruim de pintar os pés de uma cor e deixar as mãos de outra. O que sempre acontecia até o momento era sempre as mãos estarem com esmalte escuro e os pés com renda ou só uma base incolor. Mas não rola, não consigo por exemplo usar esmalte preto nas mãos e deixar os pés no cereja. Dá um ruim mesmo, assumo.

Para finalizar meu post, também digo que minha vontade de comprar tudo pela frente também chegou para as mãos, já tive fases de acessórios, bolsas, sapatos, blusas e pelo jeito a de esmalte chegou pra ficar, a variedade é gigantesca e quase sempre são baratos. Quase sempre né, porque me empolguei com o post da Letícia sobre a marca Mavala e quase torrei o dinheiro do meu presente de Natal em esmaltes. QUASE né, porque o espírito natalino falou mais alto e tudo que eu comprei foi a tal mini lixa 3×1 LINDA da Bourjois que a Stella tem, no site da Sacks pela bagatela de R$ 9,90 e frete grátis. Ganhei meu dia e já fiz meu Natal mais feliz antecipadamente :)

E quando não dá tempo?

14 Nov

Essa semana não tem esmalte da semana, não tem dicas e quase não teve meu post.
O que acontece quando vocês simplesmente não têm tempo pra dar um trato nas unhas? Só estou falando isso porque estou cometendo o maior crime para uma blogueira sonhe unhas: larguei-as.
Fim de semestre me tira o sério, esse pra ajudar tenho um projeto que preciso sujar todos os dedos com massa plástica E o melhor: misturá-la com acetona. Não dá ânimo fazer as unhas pra dois dias depois ver seu esmalte se misturando com massa plástica e suas mãos tão grossas quanto às de um pedreiro.
Na quarta à noite, quando cheguei em casa me enfiei debaixo do chuveiro pra tirar o ‘grosso’ a massa das minhas mãos depois me enfiei no sofá pra dar um trato rápido nas unhas, rápido que durou 1h (normalmente meia hora é o meu máximo) e teve o resultado mais xexelento possível para o momento. Minhas unhas estavam grossas, por mais que eu desse banho de acetona nelas, parecia que o negócio só piorava, recorri ao creminho amolecedor de cutículas de cutículas a Avon (gente, chutei porque não lembro o nome agora) que deu uma boa ajudada. Mas na hora de passar o esmalte, o desastre tava feito: acho que tinha tanto produto químico nas minhas unhas que o esmalte Cereja da Colorama praticamente se desintegrou quando encostou na minha unha.
Enquanto eu mostrava o feito pra minha irmã fiquei pensando “vale a pena eu gastar tanto esmalte pra ele sair da forma mais grosseira da minha unha?” no mesmo momento larguei mão de todo o cuidado e só terminei de passá-lo, dessa vez nem tirei as sobras (e eu tava estressada, rolaram uns borrões absurdos), no outro dia enquanto trabalhava ia lascando com as unhas as sobras e que fosse o que Deus quisesse naquele momento.
Agora me recuso a encontrar pessoas que não sejam do meu círculo diário de convivência porque minhas unhas estão pessimamente pintadas, minha irmã ontem teve a co-ra-gem de falar ‘nossa, mas pra quem tem blog sobre unhas você tão tá bem não né? consigo ver tua unha debaixo do esmalte!’ bem na hora em que eu estava indo pra faculdade.
Tô me sentindo como se tivesse saindo de pantufas de casa, mas só arrumo minhas unhas quando os meus 45202368 projetos de faculdade estiverem nas mãos dos professores carrascos de unhas, ou seja, daqui 2 semanas. Até lá boa sorte pra mim nesse mundo de unhas mal-cuidadas.