Arquivo por Dondoca

jordana.

29 May

eu cheguei, cheguei! tihuana style só pra provar que sim, TO VIVA! perdi as contas de quanto tempo faz que postei aqui e sim, vergonha em admitir que era por pura falta de coisa nova. com a volta do tomate-rei pra coleção da impala, usei por uns 2 meses non-stop a cor que salvou minhas unhas e que considero a mais lindja de todo universo. mas ok, isso é assunto pra um post mega pessoal sobre como eu era uma desleixada com as minhas unhas até ver o que roer faz com a mão da gente, blábláblá.

vim aqui pra falar de ooooooutra coisa. tenho visto várias “novas” marcas de esmalte sendo citadas e mostradas aqui no blog e percebi que, CA-HAM, só eu falei da jordana. considero a marca conhecida, porque tem uma linha de maquiagem (mesmo que meio ruim) e tudo mais. fernanda, foco. okay. descobri no centro de curitiba uma lodjeenha de cosméticos que importa coisas da victoria secret’s, jordana, l’oreal, etc e tal, e me deparei com uma INFINIDADE de esmaltcheenhos da jordana. em um post passado, mostrei 2 cores que comprei, as quais, o azul foi pra manicure, de presente, e o rosa, mamãe levou embora. fiquei orfã. voltei na loja, e me deparei com mais e mais cores lindas. não resisti, pois, sendo um esmalte importado, considero r$7,00 uma pechincha.

comprei o  very berry. é, com o nome diz, um tom de cereja, vinho, bah, sou péssima pra definir cores. mas che-che-check it out.

e é isso, vou ficando por aqui, vejo vocês em uns 2 meses. BRINKS.

cores do verão.

9 Jan

Saiu hoje uma matéria na Gazeta do Povo sobre as cores de esmalte que serão usadas no verão. Nenhuma novidade, mas quem tiver interesse, tem umas dicas boas de manicure na praia.

Matéria aqui.
:)

bubblegum.

7 Jan

oe. gentem, hoje passei na lodjeenha da tentação pra ver uma power dose pro meu cabelo e tcha-ram, me saltaram aos olhos os esmaltes da jordana que eles tem lá, ai, não miaguentei e pimba, saí de lá com mais 2 vidrinhos de esmalte e aquele quebra-galho da avon.

há tempos estava atrás de um esmalte rosa pastel, e gents, achei. ele é quase que um chiclete, mas um téquinho mais fechado. tô apaixonadinha pelas minhas unhas, que apesar de estarem bem curtinhas, ficaram uma graça com o esmalte. comprei também um azul, estilo blue satin que quero testar quando as unhas estiverem maiores. ah! esqueci de contar que também comprei o sexy, da colorama, mas bateu um arrependimento depois que abri, é ralinho demais e né? colorama.

queria agora fazer meu pé pra passar o rosinha também, mas como já disseram por aí, não tenho a elasticidade da daiane dos santos pra me contorcer e tirar todas as pelinhas. aí em baixo tá o resultado do esmalte e as compritchas (desculpem a foto meio ruim, mas tirei no celular e as cores não ficam 100% fiéis).

Acidentes.

6 Jan

Lendo o post da Larissa, vi que muitas meninas reclamam de como as unhas quebram, encravam, deformam, etc, esses pequenos acidentes que não estamos livres. Eu mesma, já perdi as contas de quantos acidentes tive. Vou relatá-los aqui, dizendo as devidas soluções tomadas por mim… pra quem sabe, ajudar algumas de vocês.

Eu era roedora de unhas (ainda sou em períodos de estresse), roía até a carne, de sangrar mesmo. Com 13 anos comecei a jogar basquete pelo time da escola, e gente, sofria com os dedos roídos. Cada passe ou jogada errada, que a bola pegava na ponta dos dedos, era um sofrimento. Passei a jogar com esparadrapos nas pontas dos dedos, e quando fui ver, estava com as unhas mais compridas. Assim, passei a fazer a unha direto, sempre usando esmalte escuro, pra disfarçar o “brancão” das pontas. Com o tempo elas foram colando, mas ainda sim, minha unhas são bastante pequenas e uma mão bem grande. haha.

Uma vez, prendi o dedão na porta do carro do meu pai, na época, um ômega, com aquelas portas pesadíssimas. Formou uma bolha embaixo da unha, e papis drenou. Como? Com uma agulha de injeção, ele “furou” minha unha, e o líquido saiu. Até hoje ela é meio amassada onde eu prendi, mas estou usando base niveladora da colorama pra ver se ajuda.

Terceira e última tragédia: Na viagem que fiz no meio do ano, usei por praticamente os 40 dias que fiquei fora, o mesmo tênis (viva mochilão). Ele amassou meu dedão e fez um roxo na unha. Conforme ela foi crescendo, descolou da carne, só que como isso foi no meio da unha, tive que esperar o decolado parar na ponta e sim, cortar tudo fora. Fiquei quase 1 mês com a unha cortada toda toda, parecendo mais um triângulo, e escondendo os pés em sapatos fechados. Pra auxiliar na correção e evitar micoses, usei uma loção de nitrato de miconazol, todos os dias após o banho. Hoje ela está perfeitinha e desfilando por aí de esmalte vermelho.

Espero que ajude alguém, se não, foi um desabafo.

:)

oi, tô viva.

31 Dec

Gente, me senti uma completa desertora do blog, sabe? Tenho acompanhado tudinho, mas como tô fora do meu habitat, ando me ocupando de outras coisas, e acabou que negligenciei vocês queridas. Tô muito feliz que o blog tá dando certo, e faço propaganda dele toda vez que vou em qualquer lodjinha procurar novidades em esmalte.

Essa semana fui com a mamis em algumas lojas de cosméticos e gente, tá difícil achar novidade. Acho tudo muito repetido, as cores muito iguais, desanimei! Aí, tô ali fuçando nas cores, e me deparo com meu amor eterno: TOMATE. Comprei logo 2 vidros, só pra garantir alguns meses de esmalte. Não coloquei minha coleção aqui porque perto das outras, ela é mísera, e toda em tons de vermelho. hahaha.

O esmalte da virada não poderia ser diferente, mandei ver no meu mavala com havana. Um q de laranja e um q de vermelho, pra ver se 2009 supera a nháca que 2008 foi pra mim (tirando os últimos meses). Então é isso, vim aqui dizer que tô viva, que amo vocês e que desejo a todas um feliz ano novo, com muita felicidade, amor, paz e muita coleção nova de esmalte.

Deixo então, minha sugestão pro começo de ano, leitoras e colaboradoras, que tal sugerir que cores de esmaltes podem ser lançadas? O que vocês ccham que está faltando por aí?

Até ano que vem…

:)

tragédia.

23 Dec

Venho aqui pra contar minha experiência como o 40 graus, da colorama. Como disse no post anterior, fui no salão no sábado e fiz as unhas, lindas e maravilhosas. Pois bem, eu sempre teimei que os esmaltes da colorama duravam bem, mas dessa vez, acho que nem um dior grudaria nas minhas unhas.

Depois de uma sessão de lavação de louça e arrumação de casa, fui olhar minhas unhas e pimba, cheia de lascados. Ainda tentei arrumar com um alto brilho, mas não teve jeito, hoje fui obrigada a tirar tudo e recomeçar do zero. Aí, como eu sou fresca e percebi que colorama não vai, finalmente usei meu Mavala, diretamente de Roma.

As cutículas ainda estavam intactas, então, eu só pintei mesmo, usando a dica da Vivs de sempre deitar o palito pra retirar o excesso. Não ficou aquele trabalho de expert, mas até o natal deve segurar, e como a Vivs só volta pra Curitiba dia 15 de janeiro, vou ter que me acostumar a fazer as unhas sozinha.

Eis aqui a obra de arte:

Vou ver quanto tempo vai durar o esmalte, foram duas mãos do Mavala, que é um tiquinho cintilante e uma de alto brilho, já que ele é um tanto opaco. Sim, cintilante e opaco, um tanto estranho, mas é assim. Ainda quero comprar outros dessa marca, já que voltei de viagem tem 4 meses e ele ainda tá fininho.

ps: não reparem no serviço mal-feito. hahaha.

reunião das dondocas fernandas.

21 Dec

o final de semana foi agitado aqui. recebi visitas, rolou uma festinha, champagne, cerveja e claro, salão.  nanda e eu fomos juntas fazer as unhas, e conversa vai conversa vem, nossas queridas manicures (minha Vivis e a Fran, cedida pela minha irmã), nos deram altas dicas sobre tudo que vocês podem imaginar.

como minha memória anda meio curta, algumas coisas eu posso citar por aqui:

1. nunca tire os cantos da unha até a raiz, ela vai encurvar, grudar na pele e encravar, né nanda?

2. se depois de tirar a cutícula, a manicure passa um “oleozinho” pra hidratar, ela com certeza fez sua unha porcamente e usou o óleo pra disfarçar.

3. cintilante FODE a unha. ele gruda na unha e não permite que ela respire, e novamente, manicure que insiste em cintilante é sinal de que não sabe pintar a unha.

Esses foram os principais tópicos discutidos nas 2 horas que passamos por lá… E prometi que faria um post somente para as “ferramentas” de trabalho das manicures, porque não há nada mais importante do que isso, né?

Quanto ao esmalte da semana, eu fui de 40 graus da Colorama. Adorei, acho que ele é o que mais se aproxima do tomate, e gente, ficou lindo no pé e na mão.

Agora, as fotos:

ps: nanda, se lembrar de alguma coisa, poste, please.

#informativo

18 Dec

nesse sábado, as 15hs, vai ocorrer a primeira reunião do mãofeita. tudo bem que serão apenas dois membros do bando, mas nós (eu e nanda) falamos o suficiente pra render boas histórias e comentários pra cá. aguardem!!

ps: pra quem é de curitiba, estaremos no torritontaunay, na vicente com a taunay, fazendo as belas unhas :)

eu cheguei cheguei.

13 Dec

gente do céu, isso tá tomando uma proporção fantástica, não? já passei o link até pras manicures lá do salão verem e elas adoraram!

sei que andei meio em falta aqui, mas ando sem saco pra postar. trabalho demais, cansaço demais, e sempre aparece alguma coisa pra ver na tv, alguma coisa pra ler ou é puro sono (nota-se que não falei do descuido com as unhas). seguinte:  semana passada mamis e papis vieram pra cá, aí desmarquei a manicure pra poder passar mais tempo com eles.

aí foi aquela beleza, as cutículas cresceram pra caramba e hoje vivs fez a festa. disse que não ia tirar muito pra eu não ficar com os dedos sensíveis e não correr o risco de não segurar nada.  como tive que cortar as unhas porque duas delas quebraram (lerê-lerê), essa semana ataquei de um esmalte escurão (que acredito fazer as unhas crescerem mais). na hora de escolher quase tive uma síncope, a maleta da vivs é um paraíso. decidi que queria um tom de vinho ou roxo, e fuça dali fuça de lá, acabei com o Vixen, da Revlon, nas mãos.

foto-061

gosto dos esmaltes da Revlon pois duram bastante (quase 10 dias, no meu caso), não precisam de óleo pra secar e não perdem o brilho. tem mais o plus de ser, dos esmaltes importados, o mais barato. recomendo um esmalte no tom de pêssego, o cherry red e o atual. aqui em curitiba sei que tem pra vender na diva, quase todas as cores, por algo em torno de r$ 20,00.

na semana que vem, em homenagem ao natal, vou passar o France da Mavala, que comprei na viagem que fiz no meio do ano, mas até agora não usei ele sozinho.

1001 utilidades. Bom bril? Não, Vic.

9 Dec

Oi minha gente, sei que dei uma sumida aqui do nosso convívio, mas tenho corrido muito por aí, e quando chego em casa, a última coisa que quero é pensar (ainda mais na frente de um computador). Essa semana eu traí novamente o movimento.  Papis e mamis vieram pra Curitiba e eu não quis perder 2 horas de convívio com eles pra ir pro salão (ainda mais quando essas horas incluem almoço no sta felicidade, né?).

Enfim, vim aqui pra dar uma super diks pra vocês: Vic! Sim, eu sempre escutava a manicure da minha irmã perguntando se a pia dela estava com o pele fininha, e um dia ela explicou. Ela tinha receitado que passasse toda noite, vic nos pés, que ajuda a afinar a pele e tudo mais. Eu claro que não acreditei, mas decidi testar. Ontem passei na farmácia, comprei e comecei a usar. Vou fazer isso religiosamente por 15 dias, e volto aqui pra contar se funciona ou não.

ps: essa dica vai pras branquelas – comecei a usar o “toque de luminosidade” da johnson, e gents, dá uma corzinha linda.